PAINEL PRÁTICAS SONORAS

PAINEL PRÁTICAS SONORAS (EDWIN PITRE-VÁSQUEZ – ORG., LUIZA APARECIDA FERREIRA-LIA, CAINÃ ALVES)

O fio condutor deste painel temático são as práticas sonoras analisadas em três pesquisas realizadas por integrantes do GRUPENTO da UFPR, as quais propõem entender quais são os elementos capazes de influenciar estas práticas. Na busca de identificá-los o primeiro artigo efetua uma análise das política pública de cultura e práticas musicais em Coyoacán, Cidade do México e verifica as implicações destas para a conformação do campo de música popular na América Latina. O segundo artigo ao tratar Práticas Musicais e dancísticas em contextos mexicanos analisa o Fandango Veracruzano e o Son Jarocho. Para isto discute a reinvenção de uma prática musical tradicional onde a dança tem um papel importante. Este novo momento da tradicição está acampado por um forte apelo midiático que merece ser estudado. No terceiro artigo são apresentados os aspectos que envolvem a prática musical na bateria de uma das escolas participantes do carnaval da cidade de Antonina, Estado do Paraná, a Escola de Samba do Batel.As reflexões são subsidiadas pelos teóricos latinoamericanos que tem se debruçado sobre a temática.
POLÍTICA PÚBLICA DE CULTURA E PRÁTICAS MUSICIAS NA CONFORMAÇÃO DO CAMPO DA MÚSICA POPULAR NA AMÉRICA LATINA (LUIZA APARECIDA FERREIRA-LIA)
Este artigo apresentada os resultados dos estudos permanentes efetuados no Grupo de Pesquisa em Etnomusicologia da Universidade Federal do Paraná – GRUPETNO e da pesquisa de pós-doutoramento realizada entre 2015 e 2016 na Escuela Nacional de Antropología e Historia da Cidade do México como bolsista da CAPES. A análise se insere na área de Etnomusicologia, linha Pesquisa de Política Pública de Cultura para a Música Popular e busca entender como a Política Pública de Cultura influencia as Práticas de Música e na conformação Campo da Música Popular Latinoamericana. O resultado obtido se deu a partir das interpretação das apresentações musicais ocorridas em Coyoacán, cidade que compõe a capital mexicana, no período de 1997 a 2012 e serviram para corroborar que o estágio em que se encontra o desenvolvimento das Políticas Culturais deste espaço territorial é a Privatização Neoconservadora. O aporte teórico advindo dos estudos de García Canclini, somados aos de Bonfil, Sans, Frith, Díaz Camacho, Trotta, Napolitano, Vergara Figueroa, Silva Queiroz, Sandroni, Araujo, Blacking, Miceli, Rubim e Calabre, forneceram os subsídios para discussão proposta pela VIII ENABET ao trazer o panorama da Música Popular e suas imbricações no cenário mexicano, os quais servem não só como referências mas também contribuem para o pensar dos pesquisadores da temática no Brasil.

PRÁTICAS MUSICALES Y DANZÍSTICAS EM CONTEXTOS MEXICANOS: FANDANGO VERACRUZANO Y EL SON JAROCHO (EDWIN PITRE-VÁSQUEZ)
El articulo aborda las prácticas musicales observadas en el estado de Veracruz – México, donde la tradición del Fandango y el Son Jarocho poseen características en 66 VIII ENCONTRO NACIONAL DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ETNOMUSICOLOGIA (ABET) su expressión musical-danzística. Son las maneras de tocar, cantar, versar, vestir, bailar, construir sus instrumentos. La popularización midiática en las últimas décadas se coloca como un fenómeno. Y surge una pregunta ¿Si la amplia difusión que tiene el Son Jarocho beneficia la conservación y reconocimiento de la tradición musical y festiva? La reflexión se basa en la noción de práxis cultural de Zygmunt Bauman (2014) y busca explorar las discusiones sobre la cultura y la música de Bruno Nettl (1983). Esta investigación hizo parte de un proyecto de posdoctorado en la Facultad de Música de Universidad Nacional Autonoma de México – UNAM, durante 2015-2016.

A BATERIA DO GRÊMIO RECREATIVO ESCOLA DE SAMBA DO BATEL COMO PRÁTICA MUSICAL NO CARNAVAL DO MUNICÍPIO DE ANTONINA/PR (CAINÃ ALVES)
O presente artigo se insere na área de Etnomusicologia e apresenta aspectos que envolvem a prática musical na bateria de uma das escolas participantes do carnaval da cidade de Antonina, Estado do Paraná, a Escola de Samba do Batel. Para realização do estudo foi analisado o processo no qual os novos integrantes da bateria aprendem as células rítmicas pré- existentes. Realizei uma análise dessas células para demonstrar como ocorre a execução e o aprendizado. O referencial teórico está amparado nas perspectivas dos campos sociológico e etnomusicológico, especificamente nos trabalhos de Merriam (1964), García-Canclini (2008), Nettl (1983), Ikeda (2015) e Oliveira
Pinto (2001), aliados à abordagem antropológica de Faria & Nascimento (2000). A pesquisa possui relevância por considerar que, o Enredo e os Sambas Enredos são, atualmente, influenciados por fatores externos que impulsionaram transformações no gênero musical na cidade, e portanto, na Escola de Samba. O estudo traçou a identidade cultural do agrupamento carnavalesco da Escola que se fundamenta através da prática musical.